quarta-feira, 16 de dezembro de 2009


José Geraldo Neres
Outros Silêncios

Local:
CASA DA PALAVRA
– ESCOLA LIVRE DE LITERATURA PRAÇA DO CARMO, 171, CENTRO
– SANTO ANDRÉ, SP
TELEFONE: (11) 4992-7218
QUARTA-FEIRA, 16 DE DEZEMBRO DE 2009
Diálogo entre as diversas realidades poéticas. Palavras & trocas artísticas, leituras, performance, intervenção musical, poesia, dança, diálogo afro-caiçara-suburbano. Diálogo multi-linguagem a abordar e desdobrar o corpo, a cidade, os outros corpos, e as outras cidades.
Convidados:
Edson Bueno de Camargo, Henrique Krispim, José Geraldo Neres, Jorge de Barros, Kiusam de Oliveira, Pierina Ballarini (Projeto AURORA), grupo Percutindo Mundos, Rádi Oliveira, e Rodrigo Basan.
Duração: 2 horas.
Público alvo: jovens e adultos a partir de 16 anos.
Saiba mais sobre os convidados:
EDSON BUENO DE CAMARGO
nasceu em Santo André (SP) em 1962 e mora em Mauá (SP). Publicou: De Lembranças & Fórmulas Mágicas (Edições Tigre Azul/FAC Mauá 2007); O Mapa do Abismo e Outros Poemas (Edições Tigre Azul/ FAC Mauá -2006), Poemas do Século Passado-1982-2000 e participou de algumas antologias poéticas. Participa do grupo poético/literário Taba de Corumbê da cidade de Mauá - 1º lugar nacional - 4º CONCURSO LITERÁRIO DE SUZANO, Categoria Poesia (2008) e 1º lugar do PRÊMIO OFF-FLIP DE LITERATURA 2006, categoria Poesia. http://umalagartadefogo.blogspot.comHENRIQUE KRISPIM é músico, compositor, poeta e atua no Grande ABC há mais de 8 anos. Participa do Clube Caiubi de Compositores, tendo se apresentado nos Festivais Internacionais da Canção em São Paulo. Recebeu o Prêmio Cantores de Andrade e menção honrosa no Mapa Cultural Paulista em 2005 e 2006, nas categorias de Canto Coral, como regente e defendendo suas canções. Coordena o Grupo Pierrot Não é Palhaço e está produzindo o CD de seu trabalho solo intitulado o Livro de Krisna, Cristo e Dionísio, que traz parcerias com compositores e poetas da região, como José Geraldo Neres e Cláudio Willer.
JOSÉ GERALDO NERES
(Garça SP, 1966) - Poeta, ficcionista, roteirista, autor dos livros Outros silêncios, (poesia, Escrituras Editora, 2009), Prêmio Programa de Ação Cultural - ProAC - Concurso de Apoio a Projetos de Publicação de Livros no Estado de São Paulo, 2008 e Pássaros de papel (Projeto Dulcinéia Catadora, edição artesanal, SP, 2007). Atua na área de Gestão Cultural, como produtor cultural, arte-educador, ministrando oficinas literárias, ênfase em criação literária e estímulo à leitura. Co-fundador do Grupo Palavreiros.
JORGE DE BARROS,
tem 29 anos, nasceu em Santo André (SP), mas, conforme os costumes nordestinos, seu embigo foi enterrado no terreiro de casa em Mauá (SP). Formado em Letras, leciona há seis anos. É também blogueiro, cineclubista, contista, sindicalista e estudante de Ciências Sociais. Comete versos já há algum tempo, mas vem fazendo isso publicamente no
KIUSAM DE OLIVEIRA
(Santo André - SP, 1965) - Pedagoga, bailarina, coreógrafa, Doutora em Educação e Mestre em Psicologia (USP). Atua como gestora pública na Secretaria de Educação de Diadema, arte-educadora ministrando oficinas sobre empoderamento feminino a partir da pedagogia da afrodescendência através da Dança Mítica dos Orixás. Especialista nas temáticas racial e de gênero e autora da coleção infanto-juvenil "Omo-Obás: Histórias de Princesas", Mazza Edições (2009).
PIERINA BALLARINI
é atriz formada pela Escola Livre de Santo André. Atua em teatro e música na região do ABC e São Paulo há dez anos. Já trabalhou com a Cia do Nó e com a Cia Cara Pulsa além de fazer participações especiais com bandas como Pedra Branca, Uafro, Batikumbá entre outras. Seu trabalho como cantora e compositora desenvolveu-se paralelamente ao teatro embora a pesquisa de Pierina tenha procurado cada vez mais unir as linguagens todas no mesmo palco, ou na mesma rua, já que um dos princípios que a norteiam é atenuar a linha que separa o real do imaginário, do lúdico, de modo que o público possa usufruir de forma mais plena e livre do fazer artístico. Assim, sua pesquisa com a poesia, teatro, danças, música e até o áudio-visual (cuja exploração é mais recente) se deram muitas vezes em ambientes alternativos, em bares, raves, ruas e outros. Atualmente dedica-se ao show AURORA onde procura agregar todas as vertentes de sua pesquisa tendo como temática o momento de transformação intensa que o mundo está passando.
PERCUTINDO MUNDOS
é um projeto experimental de música contemporânea caiçara que trabalha com o universo da percussão, poesia e filosofia. As composições obedecem a uma linha de percussão melódica, minimalista e tribal, refletindo a condição humana e suas relações entre ancestralidade e contemporaneidade. Márcio Barreto (composição, luthieria, voz, percussão, flauta, escaleta, rabeca), Fernando Santos (percussão), Paulo Infante (voz, percussão), Thais de Freitas (voz, percussão), Galeno Malfatti (luthieria, percussão).
RÁDI OLIVEIRA
A autora por ela mesma: "Brasil, nordeste, mulher, negra, eu sou... além, amém." Era abril, tarde de 1980 quando nasci filha de Santo Amaro da Purificação-terra de Araújo, Bethania, Veloso... e Besouro Cordão de Ouro. Quando menina, seguindo meu pai, me perdi em Minas, Ceará, Paraná, em tantos lugares, e se deu em janeiro, tarde quase noite de 1995 quando me achei em Diadema. Para escrever Palavreiros e cantar Formigueiro, meu ser entre'versos foi se revelando humanamente melhor. Atualmente participa da organização de saraus no CEU – Alvarenga.
RODRIGO BASAN,
artista nascido em sampa, estreou na vida em 01/01/1982. Cresceu com influência de muita música. Apreciava desde infância (através dos long players), artistas como Maria Bethânia, Bebeto, Paulinho boca de cantor. Muito samba rock, entre outros. Autodidata, começou a carreira artística em meados de 1998 em grupos de samba... grupo erudito como o grão de mostarda, linha gospel, e finalmente na MPB. "Com sua voz grave e aveludada" e seu inseparável violão, segue com sua paixão pela música interpretando artistas renomados e suas composições.
Local:
CASA DA PALAVRA
– ESCOLA LIVRE DE LITERATURA
PRAÇA DO CARMO, 171, CENTRO
– SANTO ANDRÉ, SP
TELEFONE: (11) 4992-7218
José Geraldo Neres no Palavrarte:
--------------------------------------------------------------------------------------------------